Logo Somapay

Blog da Somapay >

Veja 5 relatórios gerenciais...

Veja 5 relatórios gerenciais que toda a empresa precisa analisar

2 de maio de 2022

Gestão de Pessoas

A análise de indicadores é um passo muito importante para garantir tomadas de decisões mais assertivas no seu negócio. Para que isso seja realizado de forma correta, os relatórios gerenciais exercem grande suporte para os gestores de qualquer área.

Com eles, temos visão sistêmica do negócio e visualizamos quais são as atividades que possuem o melhor e o pior desempenho. Em tempos de alta competitividade no mercado, é fundamental que tenhamos sucesso nas definições das estratégias a serem seguidas.

Sabendo dessa importância, neste artigo levantamos quais são os principais diagnósticos e o porquê devem ser acompanhados. Quer saber mais sobre o assunto? Confira!

Principais relatórios gerenciais

Existem diferentes tipos e cada um possibilita ter uma visão mais ampla do setor. Pelos números alcançados, podemos tomar as decisões corretas para garantir a eficiência operacional. Confira os 5 mais comuns do mercado!

1. Financeiro

O fluxo de caixa de qualquer empreendimento é um dos principais pontos de atenção, afinal, é a saúde financeira que está em risco. Visando isso, relatórios gerenciais permitem acompanhar se a situação da empresa está indo bem ou não. Ignorar esses números podem significar a falência do negócio.

Alguns dos principais indicadores presentes neste diagnóstico são: contas a pagar, receita, capital de giro, despesas e investimentos. Para que o acompanhamento do gestor financeiro seja mais efetivo, obtenha ferramentas que permitam a visão em tempo real dos resultados.

2. Crescimento

Outro importante relatório para averiguar a situação da instituição no mercado é o de crescimento. Por meio dele verificamos um setor exclusivo e até mesmo a visão geral do empreendimento.

Crescimento de vendas, de consumidores, de despesas e de engajamento são alguns dos dados que permitem avaliar o rumo que a empresa está seguindo e, em caso de negativo, direcionar as decisões para alcançar o desempenho positivo.

3. Vendas

Avaliar o esforço tomado por diversos setores para alcançar o objetivo principal do negócio — vendas — é de suma importância. Em muitos casos, grandes esforços podem não estar levando sua empresa a esse resultado e, para isso, os relatórios de vendas devem estar à disposição para todos os líderes.

Os números obtidos por ticket médio, preços, produtos e vendedores são alguns índices mais comuns que devem estar nestes diagnósticos. Para otimizar os indicadores, é recomendável que eles sejam metas de alguns colaboradores, pois esse tipo de supervisão oferece maior controle para as vendas.

4. Produtividade

Apesar de estar presente como um índice em outros relatórios, existem outros que são específicos para analisar a produtividade dos departamentos. Fazer esse acompanhamento permite entender a taxa de esforço dos colaboradores e até mesmo a existência de gargalos produtivos.

Em alguns casos, empresas são afetadas financeiramente pela grande quantidade de horas extras realizadas, o que muitas vezes é uma despesa desnecessária e facilmente eliminada com esse relatório.

5. Satisfação

Independentemente de qualquer negócio, seu intuito no mercado é atender a demanda do seu público, satisfazendo suas necessidades. Para isso, acompanhar a satisfação dos consumidores é fundamental para garantir a sua eficiência. Muitas empresas já tratam a experiência do consumidor como um dos seus principais eixos estratégicos.

Conforme percebemos, existem diversos relatórios gerenciais e cada um com as suas particularidades que permitem aos gestores tomarem as melhores decisões. Para garantir a eficiência desses diagnósticos, é fundamental utilizar ferramentas gerenciais que permitam alcançar números mais precisos e confiáveis.

Gostou do artigo? Encontre mais artigos interessantes como esse em nosso blog: