Logo Somapay

Blog da Somapay >

Employee Experience:...

Employee Experience: tudo o que você precisa saber sobre essa tendência na área de RH

31 de março de 2023

Gestão de Pessoas

Na história da administração de empresas, o trabalhador passou de mero recurso disponível para o grande centro dos processos.

Atualmente, a área de Pessoas tem vivenciado situações antes não tão comentadas e novos termos têm aparecido para os profissionais de Departamento Pessoal e RH Estratégicos. Alguns deles são: Business Partner, Empowerment, Employee Branding e Employee Experience.

É sobre esse último que nos ateremos neste conteúdo, porque a empresa que entende e aceita que os colaboradores têm no ambiente de trabalho o seu segundo principal gasto de tempo conseguem proporcionar melhores experiências.

Colaborador que encontra um cenário com experiências positivas para sua saúde mental e física e retorno financeiro justo tendem a ser retidos com maior facilidade. Além disso, se uma pessoa sabe que a empresa X promove um ambiente assim, por que não optar por também querer ir para lá?

Se você quer entender o Employee Experience e como implantar as práticas em sua empresa, leia os tópicos a seguir!

Employee Experience: o que é?

Em tradução livre do inglês para o português, Employee Experience significa Experiência do Empregado. É comum também encontrar o termo abreviado “EX” para se referir ao assunto.

Na prática, o setor de RH de uma empresa passa a colocar os colaboradores no centro das decisões tomadas pela empresa. De que forma? Com a promoção de ações que gerem uma experiência positiva desde o momento de entrada de um novo funcionário.

A conexão do empregado com a empresa deixa marcas que podem contribuir para diversos elementos importantes, como produtividade, qualidade de vida, trabalho em equipe e engajamento.

Trabalhar a EX na organização demonstra que a empresa se preocupa com o bem-estar de seus funcionários, além de valorizá-los no dia a dia. E quem melhor do que o colaborador para dizer como a gestão de pessoas da empresa está?

Salários competitivos ainda são grandes motivadores para as pessoas que estão no mundo corporativo. Porém, o fato é que outros elementos vêm se destacando. Uma pesquisa da Bain & Co revelou, que no Brasil, crescimento e aprendizado representam o 2º maior interesse das pessoas, seguido de segurança no trabalho, flexibilidade, boas relações com os colegas de equipe, trabalho interessante, prestígio e outros.

Na mesma mão indicada acima, os colaboradores dizem que desejam ser valorizados.Por isso a importância de acompanhar e criar uma jornada onde as pessoas se sintam apoiadas do seu início ao fim de carreira em uma empresa.

Cultura organizacional e Employee Experience

Cada empresa possui uma cultura organizacional que a caracteriza. Seja através dos símbolos e trejeitos da rotina ou pelo comportamento adotado pelos seus colaboradores. 

A contribuição que uma experiência pensada estrategicamente pode acarretar à cultura da empresa é enorme! Através dela os colaboradores se sentem mais valorizados e tendem a ter maior fit cultural com a empresa.

Para gerar uma EX saudável é necessário que sejam atacados 3 forças principais:

Ambiente físico

Literalmente a estrutura física que é proporcionada aos colaboradores, incluindo o oferecimento de espaços seguros, acessíveis e confortáveis. Com o modelo de trabalho remoto invadindo mais os ambientes corporativos, pensar em soluções para quem trabalha em casa também é necessário!

Ambiente tecnológico

A oferta de equipamentos e ferramentas modernas e atuais que contribuem para a rotina de operações dos colaboradores também é uma força marcante ao implantar uma EX. Estar atento às transformações é possibilitar maior produtividade e qualificação às equipes.

Ambiente cultural

Uma cultura é movida por pessoas! Logo, prezar por influências positivas de lideranças e comportamentos justos e alinhados à cultura organizacional são reflexos fortes de que uma experiência saudável será proporcionada no ambiente de trabalho.

Benefícios que o employee experience promove

Existem ganhos tanto para o lado da empresa que utiliza a EX como parte da estratégia de negócio, como para o colaborador que está inserido nesse ambiente.

Observe a seguir como cada agente acaba ganhando nessa realidade:

Empresas

  • Garante maior fidelização de seus colaboradores;
  • Aumenta a produtividade da empresa;
  • Aprimora indicadores da área de operações, financeiros e de pessoas;
  • Fortalece a cultura organizacional;
  • Contribui para nível satisfatório da própria satisfação dos colaboradores;
  • Expande o engajamento no corpo executivo;
  • Melhora a comunicação interna; 
  • Maior poder na atração e retenção de talentos;
  • Maior satisfação de clientes que são atendidos por funcionários satisfeitos.

Colaboradores

  • Percepção de valorização da pessoa;
  • Possibilidade de maior desenvolvimento e ascensão;
  • Ganho de produtividade e motivação;
  • Oferecimento contínuo de qualidade as entregas;
  • Bons ambientes de trabalho nos quesitos físico, culturais e tecnológicos;
  • Redução do nível de estresse.

Siga os passos a seguir para implantar EX na prática

Alguns passos são fundamentais para entregar uma jornada de colaborador que realmente encanta e seja benéfica para ambas as partes.

Implantar a estratégia de employee experience requer planejamento e execução, além de melhoria contínua e atenção no que o mercado apresenta.

Veja a ordem desses passos para implantar employee experience na prática:

Tenha um orçamento para a implantação

O planejamento financeiro e estratégico da empresa é fundamental para dar o pontapé inicial nessa ação. Verifique os cenários e orçamentos disponíveis para não frustrar as expectativas.

Converse com colaboradores

A escuta ativa é um dos principais fatores atrelados à comunicação não violenta. No ambiente de trabalho, as pessoas desejam ser ouvidas com sinceridade. Para desenhar uma jornada do colaborador útil e relevante, converse com eles e peça feedbacks, além de o que poderia ser significativo para a experiência deles.

Alinhe interesses de todas as duas partes

Ao entender quais são as justificativas dos funcionários e a disponibilidade da empresa, alinhe os interesses que fazem sentido. Você pode pensar em criar steps dentro da jornada caso o budget disponível não possibilite a implantação imediata das ações.

Crie e comunique ações

Uma vez definidas as ações, divulgue entre todos de forma transparente e clara.

Meça os resultados

As pesquisas de e-NPS e pulsadas são importantes ferramentas que apoiam na mensuração dos resultados. A partir delas é possível ver como estão os sentimentos e satisfação dos colaboradores.

Aplique o Employee Branding 

Quando existe employee experience dentro de uma empresa fica mais fácil potenciar isso para o meio externo. As empresas estão ganhando cada vez mais notoriedade frente aos candidatos através da forma como a marca empregadora delas é observada.

Pensar, criar e acompanhar a jornada dos colaboradores é uma estratégia que só potencializará os resultados da sua empresa. E aí, pronto para começar? Vem Somar com a gente!

Gostou desse artigo? Encontre mais artigos úteis em nosso blog! Leia mais: